Cientistas do Reino Unido prepararam uma pizza que poderá fazer parte do cardápio de qualquer restaurante no ano de 2039.

Nos testes, os cientistas criaram uma marguerita que tem uma aparência muito parecida com a versão tradicional, mas os ingredientes são de origem bem diferente do que são vendidos hoje no mercado.

Veja também: Saiba como usar o filtro de cachorro vira-lata do Instagram

A farinha usada na massa, por exemplo, tem como base grilos triturados. Os insetos muitas vezes são citados como uma fonte de alimento rica em nutrientes, mas que são pouco explorados hoje.

Os tomates do molho teriam origem hidropônicas, ou seja, cultivados diretamente na água e sem a necessidade de solo. Já o queijo seria feito a partir da proteína de amêndoa.

Veja também: Incrível! Apple prova que iPhone é resistente à alface, brócolis e pão

A pizza do futuro poderá ser uma alternativa para alimentar uma população mundial cada vez maior e ainda enfrentar os efeitos das mudanças climáticos. Por isso, cientistas, engenheiros, empresários e buscam encontrar uma maneira de produzir pratos cada vez mais sustentável.

Além dos novos ingredients, especialistas dizem que em até 2069, a pizza será impressa em 3D e produzida por um chefe de cozinha robô.

Veja também:

Robô pizzaiolo pode produzir até 300 pizzas em apenas uma hora



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here