Que os russos gostam de beber e que a vodca aqui é tão barata quanto a cachaça no Brasil talvez não seja novidade para ninguém.

Mas você sabia que os russos têm um gesto especial quando querem convidar alguém para beber, para mostrar que vão iniciar a bebedeira ou indicar que alguém já está bêbado?

Se um russo der petelecos na lateral do pescoço é o sinal há álcool à vista, para ser consumido ou que já foi tomado.

Não existe uma explicação certa para isso, mas a versão mais difundida é que tudo tenha começado no período em que o Czar Pedro 1, ou Pedro O Grande, governou o Império Russo, entre 1682 e 1725.

De acordo com relatos, um homem [pode ter sido um carpinteiro ou construtor de navios] fez um trabalho grandioso para o czar – não se sabe bem o que ao certo – e por isso ganhou uma recompensa.

Poderia beber de graça em qualquer lugar para a vida tda.

Para isso, foi lhe dado um certificado para que apresentasse em bares e tavernas. Porém, como sempre deixava o local bêbado, perdeu várias vezes o certificado, exigindo que novos fosse confeccionados.

Para resolver o problema de uma vez, o czar chamou o homem mais uma vez e colocou um “carimbo” em seu pescocço, como aqueles de marcar boi.

A partir deste momento, sempre que entrasse em uma taverna ele poderia mostrar a marca no pescoço com o dedo.

A tradição pegou e hoje é algo bem comum.

(Reprodução)
(Reprodução)

A outra versão remete ao coronel Nikolai Raevski, que comandou os russos nas Guerras Napoleônicas.

O gesto viria da expressão “colocar [uma bebida] embaixo do colarinho”, algo popular no século 19 e começo do século 20. Ele teria popularizado o gesto junto aos seus soldados.

Vale notar também que o gesto foi adotado por vendedores ilegais de álcool durante a lei seca estabelecida pelo Czar Nicolau II em 1914.

Por isso, se vier para a Rússia seja na Copa ou fora dela, não se espante quando alguém der um peteleco em seu próprio pescoço.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here