O exército turco e seus aliados da oposição síria assumiram o controle total da região de Afrin, no noroeste da Síria, segundo informaram fontes militares da Turquia. 

As forças turcas e guerrilheiros sírios entraram na principal cidade da região de Afrin no domingo passado, depois de uma ofensiva de dois meses para expulsar da área a milícia curda YPG, considerada por Ancara uma facção terrorista. 

Uma fonte militar informou à Reuters que as tropas turcas haviam tomado os últimos vilarejos e assumido controle total da região, que anteriormente tinha uma população de centenas de milhares de curdos. 

“Obtivemos controle total da região de Afrin e estamos conduzindo operações de busca para que as pessoas possam voltar em segurança para suas casas”, disse a fonte à Reuters.

Em Afrin, as pessoas fizeram filas para receber comida distribuída pela organização humanitária Crescente Vermelho.

“Estamos tentando fazer com que a situação volte ao normal no curto ou médio prazo”, disse Kerem Kinik, presidente do Crescente Vermelho turco. 

O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, rejeitou as críticas à ofensiva em Afrin em telefonema com o presidente da França, Emmanuel Macron, na sexta-feira (23).

Entre os aliados ocidentais da Turquia, a França tem sido uma das maiores críticas à operação militar turca, afirmando que os temores em relação a segurança de fronteira não justificavam a invasão dos turcos. 



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here